Quarta-feira, 29 de Agosto de 2007

Feitiço incerto

Em breve, a série Harry Potter chega ao fim. Será que, junto dela, irão outros milhões de leitores?

A pergunta já ecoou muitas vezes na cabeça dos professores de literatura - e de muitos leitores atentos: livros como os da série Harry Potter, ou aqueles de autoria de Stephen King, Paulo Coelho etc., considerados frutos da literatura de massa, são como uma passagem para uma leitura mais sofisticada? Ou esse tipo de prazer foge à linguagem mais elaborada dos clássicos e da dita boa literatura e se configura apenas como um fenômeno da indústria cultural? A dúvida volta à baila com o fim do boom mercadológico mais bem sucedido das últimas décadas: as peripécias do jovem mago acabam em breve, quando chega às livrarias o título “Harry Potter e as Relíquias da Morte”, último da série amada por milhões de jovens.

O tema tem sido longamente debatido e divide tanto a crítica especializada, os fóruns virtuais quanto as conversas despretensiosas dos leigos. Para uns, a leitura deve ser cultivada como todos os outros tipos de prazer - qualquer livro, portanto, que provoque esse prazer, é visto como vitorioso em sua proposta. “Os de autoria de Paulo Coelho, por exemplo, não são vendidos aos milhões à toa. É uma leitura para fruição, para deleite. E é isso que os romances de grandes escritores têm como propósito. Só que não alcançam o grande público”. A opinião é da professora Áurea Zavan, que na Unifor ministra a disciplina “Leitura e Escrita”, em que trabalha com futuros professores a melhor forma de cativar um leitor.

Tendo em vista a quantidade de livros que o brasileiro lê por ano (1,8, segundo uma pesquisa, que a Câmara Brasileira do Livro realizou em 2004), ler - seja o que for - seria imperioso. A professora Áurea lembra ainda que os critérios a definir um grande escritor, um livro de fôlego, uma obra para a posteridade são completamente arbitrários. “O que é uma leitura mais avançada? Quem é que diz o que é a leitura mais avançada? É uma elite do conhecimento, que passa os valores dela própria para o público”, continua.

Começo difícil

A cena é clássica: pertinho do vestibular, tem gente que não lançou mão de um único livro indicado. Mas sabe o nome dos personagens, suas histórias, e outras respostas mecânicas exigidas pela escola. Mistério? Que nada. São os resumos, facilmente encontrados na internet. O estímulo à leitura, na escola, funciona ao avesso, e as crianças passam a ter aversão pela prática. José de Alencar, por exemplo, é detestado. O autor detém-se, por páginas inteiras, em descrições intermináveis, incompatíveis com a rapidez a que jovens estão acostumados. “A gente trabalha com esses professores que, mais à frente, vão estar lidando com futuros leitores. É importante despertar nesses aquele encontro gostoso com o livro num dia de folga”, continua a professora.

Alguns números, porém, amedrontam esse desejo. Nos Estados Unidos, por exemplo, onde as estatísticas em relação ao fenômeno Harry Potter já ganharam a imprensa, pesquisas mostram que o fim da série não corresponde a um hábito de leitura estabelecido. Segundo a Avaliação Nacional de Progresso Educacional , programa ligado ao governo federal norte-americano, por exemplo, a porcentagem de jovens que dizem ler por prazer caiu de 43% na quarta série para 19% na oitava, em 1998, ano de lançamento do primeiro livro da série, “A Pedra Filosofal”. Em 2005, quando foi publicado o sexto livro, “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”, os resultados foram os mesmos.

Por aqui, o mago conseguiu fazer com que jovens encarassem 700 páginas de um só livro, e as filas intermináveis da livraria. É como diz Vitor Costa, aluno do Ensino Médio. “Foi o primeiro livro que li, antes lia gibi, essas coisas. Já hoje procuro outros tipos de leitura, como ‘Caçador de Pipas’, ‘Senhor dos Anéis’. Já os da escola são de outros estilo, né?”.

 

JÚLIA LOPES
Repórter

 

Fonte: http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=464926

sinto-me:

publicado por misterius_girl às 18:30
link do post | comentar | favorito

»mais sobre mim


» ver perfil

» seguir perfil

. 17 seguidores

»pesquisar

 

»Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


»Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

»posts recentes

» Ordem da fénix é o filme ...

» Daniel Radcliffe doou seu...

» PD Prizes - HP Rocks nome...

» Uma boa e uma má notícia ...

» Rowling emociona-se ao re...

» Emma queixa-se de não con...

» Emma actualiza o seu site

» Lucius Malfoy é a 15ª per...

» Resultados da sondagem: "...

» Oscar divulga candidatos ...

»arquivos

» Janeiro 2008

» Dezembro 2007

» Novembro 2007

» Outubro 2007

» Setembro 2007

» Agosto 2007

» Julho 2007

» Maio 2007

» Abril 2007

»tags

» todas as tags

»Ficha técnica

»participar

» Queres fazer parte deste blog? Clica aqui.

»Contacto

Para entrar em contacto comigo adiciona/envia um e-mail para hprocks_@hotmail.com

»subscrever feeds