Terça-feira, 25 de Dezembro de 2007

Uma boa e uma má notícia para os fãs de Harry Potter

(imagem tirada da internet)

 

Uma boa e uma má notícia (ou também boa, é conforme a tua opinião). Ora bem, a boa notícia é que  ao contrário do que foi anunciado, a Jo está a  pensar em escrever mais um livro sobre Hogwarts. A má é que provavelmente o Harry Potter não será o protagonista da história.

“Em alguns momentos desde que eu terminei o último livro, houve alguns momentos de fraqueza, em que eu pensei ‘Ok, não há problema em escrever um oitavo volume’. Mas se – e esse é um grande se – eu vier a escrever o oitavo livro sobre o mundo da feitiçaria, duvido que o Harry seja o personagem principal”, disse a escritora. 

Fonte: http://ego.globo.com/ENT/Noticia/

  

 


publicado por misterius_girl às 17:50
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

Oscar divulga candidatos na categoria de melhores efeitos visuais

A Academia do Oscar anunciou a lista de 15 filmes que concorrem às três vagas na categoria de melhores efeitos visuais na octogésima cerimônia:

Beowulf
O Ultimato Bourne
A Volta do Todo Poderoso
A Bússola de Ouro
Harry Potter e a Ordem da Fênix
Eu sou a Lenda
Duro de Matar 4.0
A Lenda do Tesouro Perdido 2
Piratas do Caribe: No Fim do Mundo
Ratatouille
Homem-Aranha 3
Sunshine - Alerta Solar
300
Transformers
Meu Monstro de Estimação
(The Water Horse)

A lista dos indicados sai a 22 de janeiro de 2008. A octogésima cerimônia de premiação da Academia, apresentada por Jon Stewart, será realizada a 24 de fevereiro de 2008.

 

Fonte: http://www.omelete.com.br/

 

 


publicado por misterius_girl às 14:51
link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Dezembro de 2007

Warner Bros já divulgou a primeira imagem de Principe Misterioso

 

 


publicado por misterius_girl às 13:00
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

MSN oferece papel no novo filme de Harry Potter

O MSN, em parceria com a Warner Home Cinema, lançaram dia 23  um concurso com uma recompensa inovadora: um papel no novo filme de Harry Potter, actualmente em produção.

Os concorrentes deverão responder a uma série de questões, colocadas semanalmente no site da Microsoft ( http://specials.uk.msn.com/harrypotter5 ), a partir de hoje e até dia 20 de Dezembro. O vencedor terá a hipótese de contracenar com Daniel Radcliffe e companheiros no filme Harry Potter e o Príncipe Misterioso, a estrear no próximo ano.

Mike Lok, director de entretenimento do MSN, afirmou que a empresa está “emocionada com a possibilidade de oferecer este prémio a um fã de Harry Potter”.
Fonte: http://ultimahora.publico.clix.pt/
Para participares vai ao site que referido anteriormente, depois da pagina estar aberta no menu clica em competition, para participares deves ter 18 anos ou então autorização dos teus pais por escrito.

publicado por misterius_girl às 19:39
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

Filha de Madonna foi convidada para participar no próximo de filme de Harry Potter

A filha da cantora Madonna, a pré-adolescente Lourdes Maria foi convidada para se juntar a Harry Potter na batalha contra o Lord Voldemort no próximo filme da série. As informações são do jornal "The Sun".

 

A Warner Bros pediu autorização à cantora para a sua filha de 11 anos participar no próximo filme. A menina estava "doida" para aceitar o papel. Não se sabe se a proposta foi aceita. Madonna quer que ela tenha a infância mais normal possível. Mas ela sabe que é inevitável que mais cedo ou mais tarde Lola vai ficar famosa por conta própria - disse a fonte ao "The Sun".

 


publicado por misterius_girl às 18:58
link do post | comentar | favorito

Dezenas no lançamento de último Harry Potter em português

Sem fantasias e enchentes, dezenas de crianças e jovens acorreram quinta-feira à noite, em Lisboa, ao lançamento da versão portuguesa do último livro da saga do aprendiz de feiticeiro Harry Potter, que começou a ser vendido ao bater da meia-noite.

 

Ainda o relógio marcava as 23:30 e Vanessa Domingues não continha a ansiedade, na loja FNAC do Centro Comercial Colombo, para comprar «Harry Potter e os Talismãs da Morte», da escritora britânica J.K Rowling.

A jovem, de 25 anos, gosta das aventuras do jovem mágico desde que passaram para a tela do cinema.

«Os livros prendem-nos imenso, têm fantasia, magia», sustenta.

 

No entanto, quando chegou à FNAC teve uma surpresa: não havia as habituais filas de gente a aguardar a contagem decrescente para a venda da obra nem fãs mascarados como os seus heróis.

«Achei muito vazio», confessou, referindo que, no lançamento do sexto e penúltimo volume, «havia filas até à porta e o "suspense" era maior».

Até aos minutos que faltavam para a meia-noite, os fãs matavam o tempo no bar da loja, onde foi feito um pequeno jogo de animação.

 

O entusiamo só aumentou quando, aos gritos, crianças acompanhadas dos seus pais e jovens começaram a fazer a contagem decrescente: «8, 7, 6....3, 2, 1...». À meia-noite em ponto, as pilhas de livros escondidas num caixote grande preto ficaram a descoberto. Sem grande alarido, os volumes foram sendo retirados mas não esgotaram - a FNAC prevê vender mais de 30 mil exemplares.

 

Ao fim de poucos minutos, o entusiasmo refreou e os fãs foram abandonando a loja, sem sequer lerem as primeiras linhas do livro, que tem 608 páginas e custa 22 euros.

 

«Em casa vou espreitar um bocadinho, tenho o fim-de-semana para o ler, até domingo vai estar todo lido», adianta Vanessa Domingues, confessando-se «triste» por as aventuras de Harry Potter não continuarem.

 

Jorge Mesquita, 21 anos, ainda folheou as páginas iniciais do volume mas, de imediato, fechou-o, apressando o passo em direcção à saída da loja.

«Vou lê-lo em casa», afirmou, sem saber se iria começar a fazê-lo ainda durante a madrugada.

O que o agarra nas histórias do Harry Potter? «A aventura», responde.

 

Já para Isabel Valente, 15 anos, o que mais a anima nas obras de J.K Rowling é a «magia, o "suspense"», que faltou na FNAC.

«Estava pouca gente, o ambiente não correspondeu muito...», revelou, lembrando que no lançamento, em Julho, da versão inglesa, que já leu «quatro vezes», havia «filas» e «pessoas com chapéus...» à bruxa.

 

Na Estufa Fria, local escolhido pela editora Presença para o lançamento oficial de «Harry Potter e os Talismãs da Morte», faltaram igualmente os chapéus e outros adornos.

A organização do evento propunha-se recriar o ambiente da escola de magia Hogwarts, onde se passam grande parte das aventuras do jovem feiticeiro. Mas, no meio da escuridão, apenas se destacava uma mesa de «poções mágicas», onde as crianças, esquecendo o sono e as aulas na escola na manhã seguinte, se entretinham duas horas antes da meia-noite, hora do lançamento do livro, a tocar em bolas de vidro e a observar pipetas coloridas.

 

Em fundo, os ruídos fingidos de madeira velha a ranger no jardim, pouco assustadores, confundiam-se com a música electrónica de um amplo recinto com «comes e bebes», onde os mais novos tiravam fotografias frente a meros painéis que reproduziam as capas dos livros de Harry Potter.

 

No cenário, somente os figurantes se evidenciavam pelas suas capas pretas com capuz, já que as dezenas de fãs mais pequenos que esperavam comprar o livro trajavam as roupas do dia-a-dia.

 

Fonte: http://diariodigital.sapo.pt/

 


publicado por misterius_girl às 18:46
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

Harry Potter e os Talismãs da Morte - SIC

sinto-me: ainda faltam....

publicado por misterius_girl às 23:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

De Harry Potter à espera

A chegada a Portugal de Harry Potter e os Talismãs da Morte, o sétimo e último livro da saga "potteriana" finalmente traduzido para português, fecha hoje um capítulo único na história da literatura mundial. Tudo acontece logo à meia-noite, a hora mágica em que os fãs correm às livrarias - abertas fora de horas por todo o País -, tiram o livro de 608 páginas das prateleiras e ficam a saber quem mata, quem morre e quem tem direito ao final feliz. Depois do lançamento do original em inglês, era esta a versão que ainda faltava para o aprendiz de feiticeiro alcançar a perfeição do conceito "fenómeno literário" que arrasta multidões.

"Como acontece com a maior parte dos livros que encerram uma colecção, a curiosidade em descortinar o final de uma história concentra-se no derradeiro volume", confirma o director de Marketing da Presença, Francisco Pinto Espadinha, avançando um cenário de "dez mil exemplares vendidos" logo nas primeiras 24 horas. Durante dez anos, J.K. Rowling lançou a obra que somou mais de 325 milhões de livros em todo o mundo e alimentou o frenesim da "pottermania". Hoje à noite, a Editorial Presença prepara-se para revelar, definitivamente, aquele que será o título "mais emblemático da história", considerado já a principal aposta da editora até 2008 por ser o último e em português.

A 21 de Julho, data do lançamento mundial, foram milhares os leitores que mergulharam de cabeça na euforia colectiva e invadiram as livrarias em festa. Os portugueses não se conformavam com a espera de quatro meses pela tradução, quiseram avançar na linha da frente juntamente com os outros e, com mais ou menos dificuldades, dispuseram-se a testar o seu inglês nas edições originais do último título de Rowling, Harry Potter and the Deathly Hallows.

"Comprei-o na Fnac do Colombo naquela mesma noite e devorei-o em quatro dias com a ajuda do dicionário", conta Mariana Pires, de 17 anos. "Fartei-me de chorar quando ouvi dizer que o Harry ia morrer… e depois voltei a chorar, pelo modo como as coisas acabaram", acrescenta Joana Mendonça, de 20 anos e adepta confessa dos ambientes mágicos de Hogwarts. Mas nem assim se estraga o grande momento que é a saída da versão portuguesa, à meia-noite de hoje. As horas que passam são insuficientes para conter expectativas e emoções.

"Já li o livro em inglês porque morria de curiosidade, mas vou comprar os Talismãs da Morte para não correr o risco de perder nada", assevera Cátia Almeida, de 15 anos e uma primeira leitura feita com a ajuda da mãe. Carolina, a prima três anos mais velha, concorda: "É sempre diferente ler em português, por ser a nossa língua. E neste caso será quase como descobrir a história de novo, tal é o nervoso miudinho que sinto por saber que falta tão pouco para ter este livro nas mãos."

O jovem aprendiz de feiticeiro tem agora 17 anos, perdeu o encantamento de protecção que a mãe lhe lançou na noite em que foi morta e tem pela frente a pior das batalhas da sua ainda curta existência: encontrar os Horcruxes de Voldemort e destruir aqueles objectos negros carregados da alma do inimigo. Os perigos são os maiores de sempre, a batalha final de vida ou morte. Só mesmo a amizade incondicional de Harry, Ron e Hermione será capaz de garantir o happy ending desta aventura ímpar que, segundo a Presença, já vendeu mais de 325 milhões de exemplares no mundo, mais de 1,3 milhões de livros em Portugal, foi adaptada das letras para cinema e videojogos e fez da autora a primeira pessoa a figurar na galeria dos multimilionários britânicos através da escrita, com uma fortuna avaliada este ano em 545 milhões de libras (o equivalente a cerca de 782,68 milhões de euros).

"O lançamento deste Harry Potter e os Talismãs da Morte é, sem dúvida, o momento mais aguardado do ano", sublinha Paulo Gonçalves, da Porto Editora, falando com base nos números já alcançados pela livraria virtual do grupo, a Webboom.pt. "De 1 de Outubro até hoje vendemos cerca de 4000 exemplares." E com o aproximar da meia-noite "é certo que as vendas vão acelerar e ultrapassar os 5000 livros", lança ainda o responsável do gabinete de comunicação, confiante na "enorme expectativa" despertada: "O facto de ser o livro que marca o fim das aventuras dá-lhe um élan muito especial."

Para já, a fasquia de referência para Os Talismãs da Morte são as vendas de Harry Potter and the Deathly Hallows no Reino Unido e EUA, respectivamente de 2,7 e 8,3 milhões de exemplares. O feiticeiro inseguro cresceu, Rowling diz não querer relançar a história, o enredo fecha-se a partir daqui. Mas ainda há lugar para a magia.
Fonte: http://dn.sapo.pt/2007/11/15/centrais/de_harry_potter_a_espera.html

publicado por misterius_girl às 22:32
link do post | comentar | favorito

Actor de 'Harry Potter' interpreta soldado da Primeira Guerra Mundial

Foto

 

Daniel Radcliffe, astro da série "Harry Potter", não pode imaginar como era viver à beira da morte nas trincheiras da Primeira Guerra Mundial, mas ele diz que sua geração não deveria esquecer disso nunca.

 

"Acho que é tão importante hoje em dia quanto sempre foi para todos os jovens de todo o mundo que ainda sacrificam suas próprias vidas em nome da guerra", disse Radcliffe, que foi elogiado por seu retrato do filho do escritor Rudyard Kipling.

 

Depois de interpretar o bruxinho Harry Potter por oito anos, o ator protagoniza "My boy Jack", que teve lançamento na segunda-feira (12) no Museu Imperial de Guerra de Londres. O filme será exibido na televisão britânica esta semana.

 

"Não posso nem imaginar como devia ser a vida na trincheiras, à beira da morte, sabendo que a qualquer momento você pode morrer", disse Radcliffe durante a pré-estréia.

"Radcliffe criou um retrato convincente de um jovem tentando evitar ficar assutado", diz crítica do jornal "The Daily Telegraph". "Ele está bem no papel", diz texto do "The independent".

 

O escritor Rudyard Kipling, autor de clássicos como "Just so stories" e "The jungle book", era um grande propagandista da guerra. Ele usou sua influência para mandar seu filho para as trincheiras, mesmo depois que ele foi rejeitado pelo exército por causa de seus problemas de visão.


O filme mostra a transição de Kipling do patriotismo cego à tristeza e desilusão, que fez com que ele escrevesse a famosa frase: "Se perguntarem por que nós morremos,  foi porque nossos pais mentiram" 

O filho de Kipling, Jack, morreu na Batalha de Loos, em 1915, logo após seu 18º aniversário.

 

Fonte: http://g1.globo.com/Noticias/Cinema/


publicado por misterius_girl às 22:20
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Setembro de 2007

EXCLUSIVO HPIMAGENS

O gerente do HPImagens contactou a Editorial Presença e recebeu uma resposta mais "concreta" acerca da data de divulgação do título e lançamento do 7ºlivro em português!

"Caro leitor,

A data de lançamento e o título em
português relativos ao sétimo livro da saga Harry Potter serão divulgados
no site
www.presenca.pt no
próximo dia 01 de Outubro.

Boas leituras!

Editorial
Presença

 

Podes confirmar a resposta aqui!

É uma notícia fantástica, exclusiva do HPImagens!"

 

Créditos: http://hpimagens.blogspot.com/


publicado por misterius_girl às 22:44
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

»mais sobre mim


» ver perfil

» seguir perfil

. 17 seguidores

»pesquisar

 

»Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


»Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

»posts recentes

» Uma boa e uma má notícia ...

» Oscar divulga candidatos ...

» Warner Bros já divulgou a...

» MSN oferece papel no novo...

» Filha de Madonna foi conv...

» Dezenas no lançamento de ...

» Harry Potter e os Talismã...

» De Harry Potter à espera

» Actor de 'Harry Potter' i...

» EXCLUSIVO HPIMAGENS

»arquivos

» Janeiro 2008

» Dezembro 2007

» Novembro 2007

» Outubro 2007

» Setembro 2007

» Agosto 2007

» Julho 2007

» Maio 2007

» Abril 2007

»tags

» todas as tags

»Ficha técnica

»participar

» Queres fazer parte deste blog? Clica aqui.

»Contacto

Para entrar em contacto comigo adiciona/envia um e-mail para hprocks_@hotmail.com

»subscrever feeds